Com o objetivo de discutir ações para a prevenção do óbito materno, fetal e infantil em Minas Gerais e institucionalizar uma parceria entre a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES/MG), a Organização Panamerica de Saúde (OPAS) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), aconteceu uma reunião na última quarta-feira, dia 09/08 na SES-MG. Participaram a coordenadora da Unidade Técnica de Família, Gênero e Curso de Vida da OPAS/OMS, Haydee Padilla, a Consultora técnica da Saúde da Mulher OPAS/OMS no Brasil, Mônica Iassana Reis, o Professor Adjunto da Faculdade de Medicina da UFMG, Gabriel Costa Osanan, a professora da UFMG e consultora da Coordenadoria de Atenção à Saúde das Mulheres e Crianças (CASMC); Dra. Regina Aguiar, o Superintendente de Redes de Atenção à Saúde/SES-MG, Oleg Abramov Júnior,  a Diretora de Redes Assistenciais/SES-MG, Cláudia Carvalho Pequeno; a Coordenadora de Atenção à Saúde das Mulheres e Crianças/SES-MG, Ana Paula Mendes Carvalho, e referências técnicas da SES-MG.

Crédito: Divulgação

Durante a reunião, as representantes da  OPAS destacaram o pioneirismo do estado no desenvolvimento de ações de prevenção do óbito materno, fetal e infantil, e manifestaram o interesse em cooperar tecnicamente com ações do estado relacionadas a essa temática. Já os  representantes da SES-MG buscaram durante a reunião debater formas de fortalecer as ações que já desenvolvem por meio desta possível parceria com a OPAS. Durante o encontro também foi estabelecida uma agenda de reuniões para dar continuidade aos encaminhamentos.

Por Vívian Campos