Informe Epidemiológico da Gripe (16/04) | Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais - SES

Em Minas Gerais, até o momento, (16/04), foram notificados 456 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG Hospitalizado), sendo que 44 (9,65%) com amostras já processadas. Do total de casos notificados, 13 foram confirmados como SRAG por Influenza (2,85%) e 31 casos (6,8%) como SRAG por outros vírus respiratórios.

Dos casos confirmados por Influenza, predominou com 84,61% o Influenza A H1N1 (11/13), precedido por Influenza A não subtipado (1/13) com 7,69% e o Influenza B (1/13) também com 7,69%.

Já em relação aos óbitos, até o momento, foram notificados 41 óbitos por SRAG, o que corresponde a 8,99% (41/456) do total de casos notificados. Dos 41 óbitos notificados, 97,6% (40/41) não foram detectados a presença de nenhum outro vírus respiratório associado e 2,4% (1/41) houve associação ao influenza A (H1N1)pdm09. O óbito confirmado é do município de Belo Horizonte.


Resumindo: em 2019, foram confirmados, até o momento (16/04), 13 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) causados pelo vírus da Influenza (gripe). Foi confirmado um (1) óbito associado ao vírus da Influenza A (H1N1)pdm09.

Dos 13 casos de SRAG causados pela Influenza: 11 foram de Influenza A/(HINI)pdm09; 1 por Influenza A não subtipado e 1 por Influenza B.

Mais detalhes, veja no boletim.

» Clique aqui e acesse o Informe Epidemiológico da Gripe (atualizado em 16/04/2019).

Dúvidas frequentes e outras informações sobre cuidados e prevenção da gripe estão disponíveis no site: www.saude.mg.gov.br/gripe

Por Jornalismo SES