Com o objetivo de ajudar os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de Minas Gerais a solucionar as suas dúvidas de uma maneira simples e rápida, o MG App, aplicativo disponibilizado pelo Governo do Estado, irá oferecer, até o final deste mês de dezembro, um link com Perguntas Frequentes (PF) com questionamentos relacionados aos medicamentos ofertados no Estado. A composição das perguntas foi formulada por meio da identificação das principais demandas realizadas pelos usuários feitas pelo serviço telefônico 155 Lig Minas Farmácia de Todos, em 2018.

Para a superintendente da Assistência Farmacêutica da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, Daniela Aguiar Alberto, a inclusão do Perguntas e Respostas no aplicativo, veio da avaliação sobre a necessidade em disponibilizar essas informações aos usuários de forma rápida, pelo celular, e aproximá-los ainda mais ao serviço.

“Essa inserção veio para facilitar o atendimento do usuário do SUS que busca suporte, permitindo que ele encontre de uma maneira simples e ágil as respostas para as suas dúvidas, é essencial investir na otimização dessa seção do site. A começar pela definição das perguntas que são, de fato, mais importantes. Quando o usuário se depara com uma lista corrida imensa de perguntas e respostas, é provável que ele consiga chegar à resposta que procura”, disse.

Acesso facilitado

Segundo o responsável pela gestão do canal de informações 155 LigMinas Farmácia de Todos na Superintendência Farmacêutica da SES-MG, Leonardo Verona, para ter acesso ao link, no MGapp, o cidadão deve acessar no menu a aba “Saúde”, e selecionar os serviços “Consulta Medicamentos” ou “Consulta Solicitação Medicamento”. Um link de acesso às Perguntas Frequentes será disponibilizado na página inicial desses dois serviços.

Créditos: Wander Veroni

“A disponibilização do acesso às Perguntas Frequentes via MGapp irá auxiliar o cidadão a solucionar as suas dúvidas, de forma ágil, sobre o Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF). Por meio do link, o cidadão terá acesso às principais dúvidas do CEAF, como documentações exigidas para abertura de solicitação, validade e renovação de documentações/exames, informações sobre o trâmite da solicitação de medicamentos do CEAF, como acompanhar a situação da solicitação, entre outros”, explicou.

Ainda segundo Leonardo, desde de 2018, o cidadão mineiro que possui uma solicitação de medicamentos do CEAF pode consultar pelo MGapp a situação de sua solicitação. Além disso, caso a solicitação do paciente tenha sido deferida, é possível consultar a disponibilidade do(s) seu(s) medicamento(s) no estoque de sua Farmácia.

“Para acessar ao serviço, basta selecionar a aba Saúde no menu do aplicativo, selecionar o serviço Consulta Solicitação de Medicamento, e informar o número do CPF ou Cartão Nacional de Saúde (CNS), e data de nascimento do paciente. O cidadão também pode consultar, por meio do aplicativo, se o seu medicamento é padronizado pelo SUS. Para acessar o serviço, basta selecionar a aba Saúde no menu do aplicativo, selecionar o serviço Consulta Medicamentos e informar a cidade de residência e o nome genérico do medicamento”, finalizou.

MGapp

O aplicativo foi criado com o objetivo de reunir informações e facilitar o acesso do usurário aos serviços públicos estaduais, facilitando a resolução de problemas e busca por informações, de forma simples, rápida por meio do celular e outros dispositivo móveis.

Além de acessar endereços, sites, telefones úteis e horário de atendimento nas principais unidades de prestação de serviços, como delegacias e escolas, no aplicativo você encontra também os serviços on-line da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), da Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) e do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran).

Para mais informações sobre o MG App podem ser acessadas aqui.

Por Míria César